Arquivo de etiquetas: Ser

Que logo muito jovem
São vários os testes
Em busca de segurança
Exige-se competência em ambientes de competições

Meios atuais de comunicação operam no ser
Tem a fase natural
Logo uma postura antinatural
Tenciona as mentes

Tens que ser tu e ser nada!
Olhar atento para todos e não ver ninguém
Espelhar-se em grandes em terra de anões e ter moral!

Solitário no teatro internacional das marionetes
Tua matéria coisificada empedra
Pálida e fria as claras fica, exposta a toda a nação!

Dímitri Abdalla

Por Ser só o que É

Não importa quais ou quantas foram as possibilidades: cada um fez uma escolha e nada mais. Não importa o que aconteceu ou o que poderia ter sido; são apenas hipóteses e não fatos. Não dá pra pensar no que não é.

Há o fácil que tentamos explicar
e complicamos.
Há o complicado que deixamos para lá
e facilita.
Explica-se por si
por ser Só o que É
Por não saber que é o que
Há beleza,
Não há silêncio consolador
mas o absurdo faz parte da vida.
Não há como impedi-lo
nem porque fazer isso
que não se desfaz
mas se refaz
e toma o resto de si pra si.
O resto de um rosto
sem beleza palpável
de duvidosa dor ou felicidade.
Não explica os termos
não define os conceitos
apenas se esvai.
E se vai, volta…
Todo dia.

Gabriela de Oliveira