Arquivo de etiquetas: amor próprio

Transfusão de poesia

Elas vem, elas vão
Levando consigo pedaços de um coração
Elas entram, elas saem, é assim que é
Mas nem ficam tempo suficiente para tomar um café

Elas vem, nuas e cruas
Cheias de amor, levam-me para a lua
Pra depois me regurgitarem em um canto qualquer da rua

Elas vem, abrem a porta
Deixam meu coração frio como o inverno
Só para então, um tempo depois, transformarem a minha vida em um inferno

A melancolia, companheira fiel
E o sangue da poesia que derramo no papel
Descrevem meus dias com exatidão…
Lagrimas e escritos esparramados pelo chão

Pedaços de mim espalhados
Como um quebra-cabeça faltando uma peça
Buscando encaixar-se

Mas o encaixe, por mais que não pareça
Está dentro de nossas próprias cabeças
Não está em ninguém mais
Como saberás reconhecer o amor em outro
Se nem teu próprio amor te satisfaz?

Preencho o lugar da peça sobressalente
Com substâncias entorpecentes
Sinto-me fraco, sinto-me mal, desmaio
Estou a caminho do hospital

Chegando lá, ouço aquela gritaria
“Doutor, doutor, está sendo chamado na sala de cirurgia”

“É, é um caso grave, quem diria, esse aqui precisa urgente de um coração novo e uma transfusão de poesia”.

“E sem anestesia”.

Felipe Daltoé