Estradas da vida e vida na estrada

A vida é uma eterna estrada a ser percorrida
Um caminho sem volta
De experiências desconhecidas

Para a grande maioria
O trajeto se segue sem atalhos
E é só com árduo trabalho
Que a estrada aos poucos se constrói

Enquanto o cansaço corrói
E as forças vão se perdendo
É nas dificuldades que seguimos crescendo
E é errando que aprendo

Aprendo e evoluo nessas andanças
Sem pestanejar e nem perder as esperanças
Tento permanecer inabalável, intacto a mudanças
Porque depois da tempestade vem a bonança

Seja na carona ou na direção
Pra frente ou na contra mão
A pé ou de carrão
Os caminhos sempre se cruzam
E no decurso de segundos
Acidentes de percurso
Batidas sentimentais
Acidentes emocionais

Muitos vivem nas costas de outros
Por preguiça, maldade, ou até por falta de ação
Como quem pula a catraca ao subir no busão
Ou como quem fura a fila do caixa
Ultrapassagem fora da faixa

Em alguns momentos do trajeto
Podemos até estacionar?
Quando não sabemos quando, como e onde se quer chegar
Ou quando nos vemos com problemas nas engrenagens
Com problemas externos e internos que dificultam nossa viagem
E para dar a partida de novo
Podemos depender de outros
Ou também, consertar-nos sem ajuda, autônomos
Mas com ferramentas escassas e o cansaço do caminho
É difícil fazer tudo sozinho

Mas são poucas as vezes na vida
Em que não temos um amigo por perto
Mas um amigo verdadeiro é raro

Aquele amigo e passageiro
Que nos ajuda a empurrar o carro
E nos põe de volta a rodar em paz
Deixando todos os problemas pra trás

Então, na vida, temos de ser um pouco de tudo
Motoristas, mecânicos e passageiros
Construtores, soldadores e mochileiros
Nas caronas que a vida nos dá
Mas o mais importante de tudo
É sempre manter essas amizades que renovam nosso ar
Que nos causam bem-estar
Pois de que adianta a estrada toda
Sem ninguém pra compartilhar?

A vida na estrada
E as estradas da vida
As amizades e o tempo
Curam qualquer ferida.

Felipe Daltoé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *