Arquivo da Categoria: Samara Abdul

Corações unidos


Se ocultar pra quê?
Se não temos mais tempo a perder.
E nossos corações estão ansiosos para alcançar o além.
A arte é a expressão da mente de cada um.
É a reprodução espontânea de suas idéias.
Sem repressão.
Vamos seguir nessa onda de pensamentos.
Letras que se embaralham e formam palavras.
Pra transcrever o tamanho do sentimento.
Riscos que se rodeiam e traçam as imaginações.
O que seria da arte se não nos empenhássemos num bem maior.
E se não nos dessemos as mãos para mover este barco.
Estamos mostrando nossas caras.
Mas acima de tudo, nossos corações.
Vamos uni-los.

Desetnize-se

Sou branco
Sou mulato
Sou cinza
Sou pálido
Sou verde
Somos gente
Fale seu dialeto
Qual é a sua língua?
Vem e mistura com a minha.
Que pano te veste?
Que no Ocidente se despreze.
Sua raça.
Uma graça.
Sua cultura.
Nossa cura.
Que comida te serve?
Que na nossa panela não ferve.
Se come frio ou quente.
Ou se dorme do lado direito ou esquerdo.
Por cima ou por baixo.
Se te deita com uma ou mil.
Se ouve reggae, punk, jazz ou mpb.

Não seja igual.
Se pode ser você mesmo.
Sem medo.
Nem credo.
Desetnize-se.

Com Amor


O que acontece no meu coração.
Desconheço o nome.
A reação que me causou me provoca.
Vontade se mistura à ânsia de querer.
Os sentimentos se embolam.
Se traduzem apenas nos gestos e pensamentos.
Os dias passam.
E essa sensação parece não ter fim.
É preciso descompassar os batimentos.
Respirar e acalmar o desejo.
Mas de que vale a razão.
Se não podemos viver aquilo que sentimos.
Vamos recriar a nossa história.
Apenas vivendo.
No amor.
Com amor.

Paixão


Enxergo o mar nas ondas da menina de seus olhos.
Suspiro na brisa suave de sua respiração.
Em sua boca busco o doce deleite.
Sou levada pelo peso de seu toque.
A maré passa por entre nossos corpos.
Nosso ritmo é leve e harmonioso.
Intenso e ofegante.
Suspende as palavras.
Vive na paixão.

Tempo bom


A crença é maior que nossos medos.
Estamos crescendo.
A brisa leve nos leva de encontro à arte.
O Sol está nascendo mais forte em nossos corações.
Os sorrisos estão brilhando em nossos olhos.
Segure na minha mão.
Carregue seus pensamentos na mente.
E os transforme nas ações que deseja realizar.
Estamos juntos.
No nosso tempo do bem.

Coração pesado


Hoje eu quero ficar só.
O dia tem passado morno e o céu escureceu depressa demais.
Mais rápido que o nosso encontro.
Tão longe de mim quanto o pássaro que voa.
E o oceano chora suas gotas por ter perdido aquele único instante de tormenta.
Foi silencioso e forte.
Passou e nem sequer deixou ser visto.
As asas daquele pássaro te levaram.
E com o coração pesado te deixei.
.
Samara Abdul