Arquivo da Categoria: Música

Wagner traiu Frederico

            Freud já dizia: “Passo, gira, gira passo…” Nossa música está doente! E antes dos relativistas respondo logo: música é a expressão de uma natureza humana que não existe. Porém, vamos deixar por hora os relativismos (que eu tanto amo) de lado.

             O filósofo alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche (doravante denominado apenas por Frederico) já disse, a mais de um século, a música esta doente, infectada pelo câncer do músico também alemão Wagner. Nietzshce e Wagner tiveram um caso (detalhes no livro “O Caso Wagner”), que resultou numa análise profunda do Filósofo sobre a música. Filósofo que também era músico compondo algumas canções, canções bastante alegres para tristeza da maioria.

            O caso foi, e ainda é, a respeito de escrúpulos.  Wagner traiu Frederico. Frederico achava que Wagner era o maior compositor de todos os tempos, mas ele era só um interesseiro. Queria fama, sucesso, dinheiro, e isso Frederico não podia dar a ele. Eles romperam relações, e Frederico num ímpeto de dor e fúria destilou suas dores no livro já citado, “O Caso Wagner”.  Dessa novela mexicana nasce uma análise sobre a música sem par na história que ecoa em nossos tempos envolta num tom de “EU AVISEI!”.  Apesar de hoje já não importar mais a descarada falta de ideal, o desrespeito para com a arte, a alarmante supervalorização monetária frente a tudo e a tristeza do utilitarismo burguês, os escritos de Frederico ainda fazem sentido. Tudo perece frente ao pecuniário. 

            Enfim: não choremos o leite derramado! Ingenuidade seria acreditar na santidade e retidão de caráter do ser humano. Não culpemo-nos pela lama que nos espera, o pior caso ainda nos serve de exemplo! Como disse o músicofilósofo Lobão “o mainstream é necessário”, todo mundo precisa de música. Experimente uma existência acalorada e mantenha vistas nos males da humanidade. Saiba: há, transitando por ruelas escuras, sons de primor ainda hoje, longe dos holofotes são chamados de resistência aos discípulos escrupulosos de Wagner, corruptores das mentes. Ao pensardes em sucesso, lembre-se dessas palavras do mestre FredericoO Sucesso de Wagner – seu sucesso sobre os nervos e depois com as mulheres – fez de todos os ambiciosos do mundo da música discípulos de sua arte maléfica. E isso não só para os ambiciosos, mas também para os astutos… Nos dias de hoje só se ganha dinheiro com a música doente; nossos grandes teatros vivem de Wagner.” E tenho dito.

HÁ BRAÇOS.

III Sarau Poético Cosmonautas

É com imenso prazer que o Grupo Cosmonautas anuncia o resgate, a volta dos Saraus poéticos.

A proposta é reunir pessoas interessadas em arte e cultura para trocar ideias, pensamentos e, principalmente, compartilhar seus textos, contos, músicas, desenhos e poesia.

O III Sarau Poético será realizado no dia 11 de Outubro, véspera de feriado, às 19:30H, no endereço:

Rua Austrália, n° 103E
Bairro Maria Goretti


A entrada é franca e cada participante deverá levar a bebida de sua preferência para confraternização.

Se você gosta de ler, escrever ou tem alguma contribuição intelectual para o grupo, por favor, participe, contamos com sua presença!

Dúvidas? Pergunte nos comentários!